ÁREA DO ASSINANTE
Inscreva-se em nossa newsletter e fique bem informado!
Transfolha - Dia dos Pais

 

Categorias

 

Fretebras

 

GLP Jun/19

 

Laguna

 

Landing Easydoc

 



Análise preditiva pode otimizar uso de recursos na gestão de frotas

Publicado em 06/06/2017

Especialistas acreditam ser possível se antecipar à ocorrência de eventos negativos e alocar de forma mais eficiente os investimentos

Usar dados e estatísticas para prever comportamentos futuros é bastante comum no ambiente corporativo. O conceito se chama análise preditiva e não é uma novidade para os setores de compra ou de marketing das empresas. Mas aplicá-lo à gestão de frota para otimizar recursos – tanto financeiros quanto humanos – ainda é inovador no país. Com a coleta de dados e a construção de um diagnóstico sobre o uso da frota, especialistas acreditam ser possível se antecipar à ocorrência de eventos negativos, como acidentes que gerem afastamentos e grandes gastos com manutenção.

Em algumas operações, veículos e motoristas estão sujeitos a tipos de riscos que outros não estão. Quem dirige no centro de São Paulo, por exemplo, enfrenta perigos diferentes de quem dirige um veículo no meio de uma fazenda no Mato Grosso. “A análise preditiva pode ajudar a identificar quais são e onde estão os pontos mais sensíveis”, explica o diretor comercial da Ouro Verde, David Zini. A empresa é especialista em gestão e terceirização de frotas e trouxe a nova técnica do NAFA Institute & Expo 2017 (principal evento mundial sobre o assunto, que ocorre anualmente nos Estados Unidos).

Em resumo, ao invés de atuar com o que pode acontecer de forma empírica ou mostrar aquilo que já aconteceu e gerou perdas, a Ouro Verde pretende trabalhar com dados que demonstrem o que efetivamente precisa ser evitado para que a gestão da frota seja cada vez mais eficiente. Segundo Zini, isso depende da captação de dados de user behavior com o auxílio de tecnologia embarcada, como a telemetria, serviço que já é ofertado pela empresa no Brasil.

“Estamos desafiados a dar um passo além e oferecer efetivamente a análise das informações e do perfil da frota para antecipar eventos negativos, porque é importante primeiro ter consciência de onde estão os riscos menores e maiores para então conseguir alocar melhor os recursos. A análise preditiva prepara a empresa para atuar de forma mais pró-ativa e tomar decisões estratégicas com mais segurança”, destaca o diretor comercial. Com base nos dados, o gestor de frota pode indicar a solução mais adequada em termos de custos e benefícios.

 

Veja também: