06/07/2012

Goiás ganha centro tecnológico dedicado a logística

Ceilog Ana Patrus, uma iniciativa da PC Sistemas, vai desenvolver soluções logísticas e encubar empresas que tenham projetos inovadores para o segmento

O Grupo PC Sistemas, desenvolvedor de soluções de tecnologia da informação para o varejo, acaba de inaugurar o Centro de Excelência em Inovação e Logística Ana Patrus (Ceilog) em parceria com fornecedores de tecnologias e equipamentos, universidades, associações e entidades de classe, consultorias especializadas, institutos e centros de pesquisa, investidores e Governo. O Centro recebeu investimentos de 2,4 milhões e está localizado no complexo tecnológico da PC Sistemas em Goiânia.

O objetivo do Ceilog é desenvolver inovação tecnológica que ofereça soluções viáveis e acessíveis para os processos e problemas logísticos de planejamento, simulação, otimização, monitoramento, execução e controle da circulação das cargas na da cadeia de abastecimento. Ele foi concebido e viabilizado com apoio de empresas nacionais e multinacionais como Yale, Bertolini, Itautec, GS1, Intermec e Seal.

O CEO da PC Sistemas, Wagner Patrus, destaca que o Ceilog funcionará como um instituto de pesquisas para o desenvolvimento de soluções capazes de alavancar a competitividade das empresas e apoiar o crescimento sustentável de suas operações. Isso envolve, adicionalmente, uma incubadora de empresas que estejam dedicadas ao desenvolvimento de soluções para esta área e que receberão apoio do Ceilog.

O diretor de Estratégia da PC Sistemas, Ezequiel Borges, ressalta que as atividades do Centro são fundamentadas no conceito de inovação aberta, ou seja, um ambiente em que várias entidades e empresas possam participar com foco em ajudar a sociedade e a comunidade logística. “Partimos do princípio da combinação de ideias”, diz o executivo explicando que um dos estudos está diretamente relacionado a operadores logísticos.

As soluções desenvolvidas pelo Ceilog atendem os problemas logísticos de planejamento, simulação, otimização, sensorização, monitoramento, execução e controle da circulação de mercadorias na cadeia de abastecimento. Para isso, entre as tecnologias presentes no espaço, estão: RFID (um dos primeiros laboratórios da América Latina); separação de pedidos por voz (Voice Picking) e por luzes indicadoras (Pick to Light); GIS (Geographic Information System - Geoprocessamento e Georreferenciamento); monitoramento (GPS, GPRS, outros); mobilidade (Apps, LBS - Geolocalização por Celulares, Wireless, Redes Sociais, outros); pesquisa operacional,; plataformas de desenvolvimento (Java, C, Android, outros) e internet (Nuvem, Internet 2.0).

Atualmente, explica Patrus, estão em andamento projetos para automação de centros de distribuição como a radiofreqüência, o pick to light, o voice picking e o RFID. Como projetos futuros, o Ceilog vai desenvolver pesquisas em monitoramento via GPS ou GPRS; mobilidade, pesquisa operacional, internet e plataformas de desenvolvimento, todos projetos com foco em logística.

 

 

Voltar