ÁREA DO ASSINANTE
Inscreva-se em nossa newsletter e fique bem informado!
Kalmar

 

Livros


Viastore desenvolve sistema de automatização em novo CD da Aldo

Publicado em 06/10/2017

Solução miniload viastore deve garantir trajetos mais curtos e maior eficiência do processo intralogístico da empresa

A Aldo Componentes Eletrônicos fechou parceria com a Viastore Systems, fornecedora de sistemas de intralogística Warehouse Management System (WMS), para o desenvolvimento e instalação do projeto de automatização. A solução vai ser instalada em janeiro de 2018 no novo centro de distribuição da empresa em Maringá (PR).

Com investimento de cerca de R$ 40 milhões em toda a estrutura, a empresa vai ter um sistema miniload viaspeed – um dispositivo de armazenamento automatizado de caixas e outros produtos com diferentes pesos e dimensões.  Na base do sistema está a máquina de manuseio em prateleiras viaspeed para garantir trajetos mais curtos e maior eficiência em termos de custos e energia.

O novo centro de distribuição terá 16 mil m². Na área dedicada ao miniload, haverá 4.816 posições com uma estação de recebimento e separação, utilizando de sistema de Put to Light (PTL) – separação suportada por luz, que irá garantir maior acuracidade e eficiência no processo de preparação dos pedidos. 

Segundo o CEO da empresa, Aldo Pereira Texeira, ter uma boa estrutura é fundamental para que a Aldo possa operar de maneira efetiva. “A essência da Aldo é a fabricação e distribuição de produtos de tecnologia, isto é o nosso DNA.”

O executivo ressalta que eles não pouparam esforços para que o novo CD fosse o mais completo possível e a Viastore foi parte importante desse processo. “A Viastore se firma como um dos principais parceiros no desenvolvimento, implantação e viabilidade técnica e estratégica deste grande projeto em comemoração aos 35 anos da Aldo”, diz.

O CEO da Viastore Systems Brasil, Paulo Franceschini, explica que as soluções da empresa visam promover otimização dos espaços de armazenamento, melhor gerenciamento dos produtos e redução nos custos operacionais. “A automação reduz a necessidade de área de armazenamento e liberando espaço no seu armazém para outras atividades manuais e principalmente aumentando a eficiência e eficácia do processo logístico, exatamente o que estamos realizando aqui com a Aldo”, ressalta.

Se comparado aos armazéns operados manualmente, a capacidade de espaço de armazenamento aumenta em até 40% nos casos de automação. Além disso, a performance é melhorada em até 20%, obtendo eficiência e maior controle de todo o processo.

No projeto da Nova Aldo, por exemplo, o sistema da Viastore deve garantir modernização nos processos logísticos, bem como reuso da água da chuva, geradores de energia fotovoltaica, uso de iluminação natural por domus prismáticos e o compromisso de redução a emissão de dióxido de carbono em 95 mil kg por ano.

 

Veja também: