ÁREA DO ASSINANTE
Inscreva-se em nossa newsletter e fique bem informado!
Promo Caneca Natal

 

Landing Gestão de CDs


Toyota Material Handling escolhe tecnologias da TOTVS para operações no Brasil

Publicado em 10/10/2017

Companhia estrutura um grande projeto tecnológico para fortalecer a atuação no país e se preparar para a retomada da economia nacional

A Toyota Industries Corporation (TICO), por meio da unidade de negócios, Toyota Material Handling Mercosur (TMHM), decidiu apostar no Brasil e planejou uma nova fase de reorganização interna. O objetivo da estratégia é se preparar para a retomada da economia brasileira e, para isso, a empresa optou por utilizar tecnologias da TOTVS.

Antes, a empresa utilizava um conjunto de soluções japonesas que não eram totalmente integradas, o que tornava o monitoramento e o suporte ao serviço mais complicado. Então, a Toyota escolheu adotar as soluções da TOTVS – o módulo fiscal da companhia se destacou por ser o mais aderente à legislação brasileira.

Segundo o IT Manager da Toyota Material Handling Mercosurm Kalil Petermann Choueiri, a empresa de diferencia por ser uma das multinacionais que ainda aposta no Brasil. “Além de ser uma das poucas plantas mundiais de produção de empilhadeiras (fábrica construída no final de 2013, que teve investimento de mais de R$ 100 milhões), emprestamos da cultura e filosofia japonesas a paciência oriental para avaliarmos o momento atual e nos fortalecermos para o futuro, nem tão distante assim.”

O objetivo da companhia é garantir uma operação mais enxuta e eficiente, com aumento de produtividade e realocação de funcionários para evitar retrabalho. Também serão implantados softwares de gestão e modelos complementares para apoiar o backoffice da empresa. A expectativa é obter, de forma geral, uma economia 15% a 20% em até três anos e meio.

O projeto da TOTVS
Antes da assinatura de contrato, a TOTVS fez uma avaliação aprofundada sobre todos os processos existentes na TMHM, se apropriando do “Toyota Way” (conjunto de valores e cultura internos) para desenvolver um projeto certeiro e sem erros. Com a operação inteiramente revisada, definiu-se pela implementação do ERP e dos módulos complementares (vendas, faturamento, compras, estoque etc.).

Para a parte fabril, que vem para complementar os processos já definidos pela matriz japonesa, os destaques são o módulo de qualidade, para análise de defeitos de produção, e a otimização da estrutura logística de recebimento de materiais nacionais e importados. “Com o novo sistema, conseguiremos, por exemplo, fazer a gestão dos materiais nacionalizados. Além disso, atualizamos o nosso processo de conferência, que passa a ser 100% automatizado, o que proporcionou ganhos de performance significativos para a produção”, detalha Kalil Petermann Choueiri.

A diretora dos segmentos de manufatura e logística da TOTVS, Angela Gheller Teles, declara que o projeto já está na última fase e engloba diferentes áreas da TMHM. “Agora partimos para simulações isoladas, para garantir que o Go Live seja estável e seguro.” Ela diz também que a tranquilidade no processo foi conquistada por meio do esforço das duas empresas, que acreditaram no sucesso da parceria.

 

Veja também: