ÁREA DO ASSINANTE
Inscreva-se em nossa newsletter e fique bem informado!
Promo Livro

 

Categorias

 

e-Galpão

 

Promo Livro


Telemetria reduz acidentes nas estradas brasileiras

Publicado em 01/02/2018

Segundo dados divulgados pelo Dpvat, em dois anos o Brasil terá dobrado o número de mortes no trânsito

Dados recentes da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que, no mundo, ocorrem 1,2 milhão de mortes por ano com mais de 50 milhões e feridos – no Brasil, são 45 mil mortes por ano. De acordo com números do Dpvat, em dois anos o Brasil terá mais do que o dobro de mortes no trânsito.

Em dezembro passado, o Congresso aprovou o Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito, que reúne uma série metas de redução de índice de mortos no trânsito por grupo de habitantes e por grupo de veículos. Outro obstáculo é a malha viária precária em muitas partes do país, que contribui diretamente para o número de acidentes.

Diante disso, transportadoras e profissionais do setor buscam encontrar soluções que contribuam para a transformação desse cenário. Uma dessas soluções é a telemetria, um sistema que identifica e corrige condução inadequada, monitora e implementa treinamentos específicos para motoristas, desenvolve políticas de segurança personalizadas e mantém os veículos revisados e seguros na estrada.

De acordo com o especialista em telemetria e diretor da Mix Telematics, Bruno Santos, a imprudência e exaustão são grandes causadores de acidentes. “Por isso, monitorar esses dois pontos e alinhar as metas da empresa a eles é fundamental na prevenção.”

Imprudência dos motoristas
Santos pontua o excesso de velocidade e a direção agressiva como características mais frequentes de imprudência. “Pesquisas indicam que o erro humano é responsável por 80% das colisões entre veículos motorizados. Como resultado, proprietários de frotas passam por uma crescente pressão para identificar não somente comportamentos de risco, mas também tomar medidas corretivas e aumentar os níveis de segurança, o que demonstra a importância da telemetria na gestão de qualquer tipo de frota”, destaca.

 

Veja também: