ÁREA DO ASSINANTE
Inscreva-se em nossa newsletter e fique bem informado!
Transfolha

 

Assine Black Friday


Taggen é escolhida como distribuidora oficial da Alien Technology no Brasil

Publicado em 14/11/2017

Inicialmente, serão comercializados leitores, antenas e acessórios RFID; produtos são considerados os mais avançados do mundo

A Taggen Soluções IoT foi nomeada pela Alien Tecnologia como distribuidora oficial dos equipamentos da empresa norte-americana no Brasil. Nessa etapa inicial, serão vendidos leitores, antenas e acessórios para a identificação por radiofrequência (RFID), todos homologados e certificados pela Anatel.

O CEO da Tagger, Werter Padilha, explica que os produtos da Alien são considerados os mais avançados do mundo para implementar a tecnologia RFID. “[Eles são ideais] devido à capacidade, velocidade de leitura, robustez e inteligência embarcada. É possível associar as leituras a uma diversidade de soluções de processamento dos dados, que agregam funcionalidade, velocidade e inteligência ao trabalho de identificação e rastreabilidade de objetos.”

Como distribuidora certificada, a Taggen terá estoque local e fornecerá suporte técnico e treinamento aos integradores, além de fornecer um midleware RFID. Isso reduz o tempo de desenvolvimento das soluções.

O Diretor de Desenvolvimento de Negócios na América Latina da Alien, José Carlos B. Oliveira, declara que a Alien teve um importante papel no desenvolvimento do protocolo de RFID e se diferencia por fabricar os próprios chips e leitores. "Ao final de 2015, decidimos ampliar a presença da empresa no mercado latino-americano e iniciamos os estudos. Escolhemos a Taggen porque ela tem experiência consolidada com a tecnologia e renome no segmento, dois diferenciais fundamentais para efetuar uma venda técnica com embasamento", destacou.

RFID e IoT no Brasil e no mundo
Segundo Mario Prado, CTO da Taggen, a adoção da tecnologia de RFID no Brasil ainda está defasada em comparação com outros países. “A oferta dos equipamentos da Alien Technology faz com que o Brasil conte com recursos tecnológicos da mais alta qualidade e confiabilidade para identificação e rastreamento de objetos”, esclarece.

Ele diz também que os segmentos mais fortes no uso do RFID no mundo são varejo de moda, logística, controles industriais e controles de ativos. Tem crescido a penetração da tecnologia na indústria 4.0, com o IIoT (internet das coisas industrial, da sigla em inglês), para identificação de coisas relevantes a processos industriais. A tecnologia permite que seja implementado o primeiro passo para uma conexão confiável dos equipamentos às redes. Estudos apontam que o mercado global de RFID deverá comercializar 6 bilhões de etiquetas em 2017, sendo que este número tem crescido, em média, cerca de 40% ao ano.

Quanto ao Brasil, projeções da consultoria Frost & Sullivan apontam que o mercado nacional de IoT deva alcançar receitas de US$ 3,29 bilhões até 2021, uma estimativa que se refere a hardware (módulo de conectividade e outros componentes), software e serviços diretamente ligados a soluções IoT.

 

Veja também: