ÁREA DO ASSINANTE
Inscreva-se em nossa newsletter e fique bem informado!
Workshop Logística Tributária e Fiscal

 

Aula Gestão Lean Armazéns


Start-up oferece pesquisa gratuita dos preços de fretes marítimos

Semelhante ao Decolar, a Gurucargo disponibilizou agora a solução para usuários sem cadastro na plataforma

Os operadores de transporte marítimo ganharam uma facilidade. Graças à solução da start-up uruguaia Gurucargo.com, os preços podem ser consultados na internet por qualquer pessoa sem nenhum tipo de cadastro.

A plataforma compara preços de fretes marítimos de várias empresas (semelhante ao Decolar.com com passagens de avião), mas funcionava apenas em plataforma fechada – ou seja, somente para pessoas que possuíam cadastro. Então, a empresa, que funciona no Brasil desde novembro do ano passado, resolveu abrir a busca para qualquer pessoa.

Para Andres Israel, um dos sócios da companhia, a transparência na consulta de fretes é o futuro da indústria. “Qualquer importador e exportador que esteja negociando suas cargas internacionais vai poder conhecer em tempo real se está pagando o preço justo ou não”, diz.

Os usuários podem pesquisar por tipo de contêiner (20 ou 40 pés) e escolher a opção de enviar carga em um contêiner compartilhado, caso necessário. Para tal, é preciso informar as dimensões do material. A consulta disponibiliza ainda a estimativa do prazo de entrega (para pessoas que possuem o cadastro, são oferecidos também outros serviços). Os valores informados são tanto de negociações feitas entre a Gurucargo.com e as transportadoras quanto das ofertas feitas pelas companhias de navegação, sendo que os usuários podem contratar as companhias de navegação sem o intermédio da plataforma.

Apesar de oferecer grandes opções de importação, o serviço ainda é limitado para quem quer exportar. Para exportar do porto de Santos, por exemplo, o único destino disponível é Vera Cruz, no México.

 

Veja também: