ÁREA DO ASSINANTE
Inscreva-se em nossa newsletter e fique bem informado!
TOTVS

 

Logística para e-commerce


Raízen está há 40 anos sem acidentes no terminal de distribuição de combustíveis, em Araucária

Publicado em 25/10/2016

A Raízen, licenciada da marca Shell, no Brasil, comemora, neste ano, quatro décadas sem acidentes no maior terminal brasileiro em movimentação de combustíveis, localizado em Araucária, no Paraná. O resultado é recorde em segurança do trabalho, na empresa e em toda a indústria nacional de derivados de petróleo. A instalação movimenta 7 bilhões de litros de combustíveis por ano e pode carregar 1.000 caminhões tanques e 240 vagões-tanque por dia. O terminal tem 50 funcionários diretos e 150 indiretos, além de 3.000 motoristas de caminhões-tanque, que utilizam as plataformas de carregamento e descarga.

A conquista é atribuída aos investimentos constantes da companhia em treinamentos para a boa prática das atividades e, principalmente, em inovações tecnológicas. Outro fator importante é a integração com as responsáveis legais pela segurança local, como o Corpo de Bombeiros, o Exército, a Secretaria do Meio Ambiente e, também, a Refinaria Repar. Tudo isso ajuda a garantir a integridade dos funcionários, da comunidade local e do meio ambiente.

“O resultado de 40 anos sem acidentes é excepcional. Estamos falando de zero acidentes em uma operação que acumulou, ao longo dos anos, cerca de 280 bilhões de litros de combustíveis movimentados. É um número impressionante, que só foi alcançado graças à dedicação e ao comprometimento de todas as equipes que estiveram à frente das operações e da gestão do terminal, nesses anos”, informa o diretor de Operações da Raízen, Luiz Renato Gobbo.

Os 40 anos sem acidentes em Araucária refletem todos os esforços dirigidos à área, para garantir o abastecimento do Paraná, de parte de Santa Catariana e Sul do Estado de São Paulo. A segurança preserva vidas e garante o funcionamento da empresa. A Raízen investe em tecnologia de ponta, para manter as operações seguras e ininterruptas.

Infraestrutura moderna para a logística
O Terminal de Araucária é a maior instalação de distribuição de combustíveis da América do Sul. Recebe, armazena e distribui gasolina, diesel S500, diesel S10, querosene de aviação, querosene iluminante, óleo combustível, etanol anidro e hidratado, biodiesel B100, além de aditivos. Tudo isso feito por dutos, rodovias e ferrovias.

Dos 7 bilhões de litro de combustíveis por ano, 64% correspondem ao carregamento de caminhões-tanque, 20% ao carregamento de vagões-tanque, 10% a descarga de vagões-tanque e 6% a descarga de caminhões-tanque corresponde. Dos tipos de combustíveis movimentados, 32% são de diesel S500, 22% de gasolina A, 20% de diesel S10, 6% de etanol anidro, 6% de etanol hidratado, 6% de querosene de aviação, 4% de biodiesel B100, 3% de óleo combustível 1A e 1% de aditivos.

A base conta com tecnologia de ponta nos equipamentos para a sua operação. A moderna infraestrutura possui tanques com domos geodésicos ou cúpulas esféricas, que dão maior resistência e estabilidade ao armazenamento de produtos. Os tanques têm sistema de monitoramento eletrônico e digital do nível e da temperatura do combustível armazenado, além de controle automático da dosagem dos produtos na aditivação dos combustíveis.

As operações de carregamento de veículos são 100% automatizadas por meio de bottom loading (por baixo do tanque) e top loading (por cima do tanque), e possuem controle de perda da carga, por meio de turbinas de medição. Os bi-trens são carregados simultaneamente e o terminal é o primeiro a movimentar biodiesel em vagão-tanque, no território nacional.

Para otimizar os níveis de eficiência de suas operações, os colaboradores recebem treinamentos regularmente. São cerca de 1.000 sessões de treinamentos por ano. Também são realizados trabalhos de conscientização quanto à correta utilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e material de segurança adequado.

“A Raízen busca a excelência de seus funcionários, com a equipe treinada, motivada e comprometida com os resultados e com a prevenção de acidentes. Estamos sempre trabalhando para garantir a conscientização e o engajamento de todos na prevenção de acidente. Nosso lema é ‘se não for seguro, não faça’”, esclarece Gobbo.

 

 

Veja também: