ÁREA DO ASSINANTE
Inscreva-se em nossa newsletter e fique bem informado!
Transfolha

 




Panalpina é uma das cinco maiores transportadoras marítimas do Brasil

Publicado em 06/09/2018

Pesquisa é realizada regularmente pela Datamar, que analisa os dados e resultados das empresas de transporte marítimo brasileiro

Panalpina top 5 ranking transportadores marítimos

Segundo a Datamar, a Panalpina Brasil conseguiu entrar para o Top 5 no ranking das empresas de transporte marítimo no país, tanto em importações quanto exportações. A Datamar analisa durante todo o ano os dados e resultados do transporte marítimo brasileiro. Em 2016, a empresa ficou na 13ª colocação, e em 2017 foi para o 5º lugar.

Neste ano, de acordo com os dados prévios que foram divulgados, a Panalpina está me 4º lugar no quesito importações. De acordo com Luciana Vulcano, o transporte de produtos pelo modal foi 25% maior do que no ano passado. “Temos atuado para aumentar os volumes de exportações e de importações marítimas da Panalpina Brasil e isso mostra que o trabalho está valendo a pena, pois agora estamos entre os principais players do setor no mercado brasileiro”, observa ela.

Movimentação de cargas de contêineres carregados

Para justificar o bom resultado da empresa no ranking, um dos motivos encontrados foi a alta na movimentação de cargas de contêineres carregados (full container load, ou FCL), principalmente de madeira. O gerente de produtos FCL na Panalpina, Eduardo Garcia, revela que o segmento teve forte crescimento na América Latina.

“Somente no ano passado a Panalpina transportou por volta de 12 mil TEU’s de madeira”, afirma o executivo. Ele diz que o objetivo agora é fazer essa alta se refletir também nos mercados europeu e asiático.

Setor automotivo, consumer goods e qualidade de serviços

Outros motivos que também foram apontados como responsáveis pelos bons resultados da empresa são a alta no transporte do setor automotivo, assim como no de consumer goods, que contempla produtos cosméticos e utensílios domésticos. Segundo Garcia, juntamente com a movimentação de contêineres carregados, esses dois setores são os que mais trazem retorno à Panalpina.

Luciana Vulcano aponta ainda a melhora na qualidade dos serviços oferecidos pela empresa. “Fizemos uma considerável reestruturação em nosso departamento de frete marítimo, não apenas nas operações e no atendimento aos clientes em si, mas no produto como um todo, aperfeiçoando ainda mais nossas soluções”, diz ela.

 

Veja também: