ÁREA DO ASSINANTE
Inscreva-se em nossa newsletter e fique bem informado!
TOTVS

 

Promoção Mochila


Comando da Odfjell Terminals no Brasil e América do Sul ganha nova estrutura

Publicado em 08/08/2018

Ary Serpa Jr. e Marcelo Schmitt assumem novos postos com a missão de garantir que a empresa continue se desenvolvendo

A Odfjell Terminals South America, associada ao grupo norueguês Odfjell, anunciou uma nova estrutura de comando na América do Sul e Brasil. Agora, o executivo Ary Serpa Jr. assume a posição de CEO da Odfjell Terminals na América do Sul, enquanto Marcelo Schmitt se torna gerente-geral da Granel Química, braço brasileiro da Odfjell Terminals.

O Grupo Odfjell atua no mercado global de transporte marítimo, serviços logísticos e armazenagem de líquidos a granel como químicos, óleos vegetais, ácidos, álcoois e outros líquidos especiais.

O novo arranjo na América do Sul se dá pelo crescimento da Odfjell Terminals. Somente no Brasil, no ano passado, a companhia movimentou mais de 5,5 milhões de toneladas de granéis líquidos e sólidos. No território sul-americano, a Odfjell Terminals opera uma rede de 14 terminais localizados no Brasil (9), na Argentina (2), Chile (2) e Peru (1).

O engenheiro civil Ary Serpa Jr., novo CEO da Odfjell Terminals para América do Sul, tem uma trajetória profissional de 38 anos na empresa e passou por funções como gerente de armazenagem e da área comercial e foi responsável pelo desenvolvimento de novos negócios e implantação de vários terminais. Desde abril de 2014 ocupava o cargo de gerente-geral da empresa Granel Química, gerenciando nove terminais de armazenagem de líquidos a granel e aproximadamente 600 funcionários

Marcelo Schmitt, novo gerente-geral da Granel Química, é engenheiro naval, formado pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP). A formação dele inclui um MBA em Administração e Economia Empresarial na Fundação Getúlio Vargas.

O executivo, que preside o RoundTable Brazil do Council of Supply Chain Management Professionals (CSCMP), passou por cargos de liderança em empresas nos setores químico, petroquímico, siderurgia, trading e operadores logísticos. Ocupou cargos de diretoria de supply chain e operações para o Brasil e América Latina em empresas como a Goodyear, BASF, Gerdau e Noble, assim como o de diretor superintendente na Elog Logística e diferentes cargos na Ipiranga Petróleo.

 

Veja também: