ÁREA DO ASSINANTE
Inscreva-se em nossa newsletter e fique bem informado!

 

Quando utilizar condomínios Logísticos é uma boa escolha?


Anac autoriza Modern Logistics a operar própria frota aérea

A concessão do COA (Certificado de Operador Aéreo) ocorre após detalhada auditoria e é um grande passo para a empresa

A Modern Logistics recebeu no dia 4 de abril o COA (Certificado de Operador Aéreo), emitido pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). Agora, a Modern tem concessão para operar a própria frota cargueira em todo território brasileiro. A certificação foi concedida após uma detalhada auditoria em todas as áreas da empresa.

Investir no transporte aéreo de carga doméstica é uma necessidade em curto prazo. Segundo o vice-presidente da Modern, Adalberto Febeliano, tal operação não é eficiente pois, atualmente, são utilizados apenas os porões das aeronaves de passageiros. “Muitas vezes não se consegue garantir a regularidade e nem a cobertura que as empresas precisam”, explica.

Para o CEO da Modern, Gerald Blake Lee, a aprovação da Anac é reflexo do bom trabalho executado. “A Modern oferece serviços e soluções através da sua cadeia logística integrada, que incluem, transporte multimodal, centros de distribuição (CDs) localizados estrategicamente pelo país”, diz.

Após a emissão do COA, o próximo passo é a assinatura do contrato de concessão de operador de serviços aéreos regulares, o que deve acontecer dentro de 30 a 45 dias, finalizando o processo de outorga. “Com a recuperação econômica do país, o início das operações da MODERN com certeza será importante para permitir que as empresas revejam suas estruturas logísticas, buscando mais rapidez e mais eficiência para competir melhor nos próximos anos”, completa Lee.

Com o recebimento do COA, a Modern iniciará o processo de aquisição das próximas aeronaves. Serão mais dois Boeing 737 nos próximos meses, para atender às rotas no Nordeste e no Norte do país. A companhia planeja ter até o fim de 2017 três aeronaves cargueiras operando.

 

Veja também: