ÁREA DO ASSINANTE
Inscreva-se em nossa newsletter e fique bem informado!
Kalmar

 

Assine Noticia


Aeroporto de Petrolina recebe pela primeira vez cargueiro B747-8F

Publicado em 11/10/2017

Aeronave veio de Luxemburgo, tem como destino a capital de Gana e fazia operação para a empresa Cargolux

O Aeroporto Senador Nilo Coelho, em Petrolina (PE), recebeu o primeiro pouso de uma aeronave cargueira B747-8F. O avião veio de Luxemburgo pousou na cidade na madrugada do dia 10, com destino a Acra, capital de Gana.

A operação extra da empresa aérea Cargolux, atende à demanda da exportação de mangas da região do Vale do São Francisco no pico da safra. A aeronave, com 68,4 m de envergadura, 76,3 m de comprimento e capacidade para transportar até 136 toneladas, foi “batizada” por jatos d’água dos Carros de Combate a Incêndio (CCI) da Seção Contra Incêndio (SCI) do aeroporto, uma tradição da aviação quando um novo modelo de avião começa a realizar operações em algum aeroporto.

Está prevista, além do voo regular semanal da empresa, a realização de outros voos extras até o mês de dezembro para o escoamento da safra de frutas da região. “Trabalhamos para viabilizar a operação com essa aeronave maior, contribuindo para o aquecimento da economia no submédio do São Francisco em Pernambuco”, afirmou o superintendente do Aeroporto de Petrolina, Moysés Barbosa da Silva Filho.

Logística na região
A operação destaca o movimento de alta nas operações de exportação recebidas pelo terminal de logística de carga (Teca) do Aeroporto de Petrolina, que possui uma das maiores estruturas de câmaras frias do Brasil. O terminal está se preparando para o atendimento da demanda de frutas da região para exportação.

O Teca de Petrolina movimentou entre janeiro e agosto de 2017 quase 1.738,4 toneladas de carga no setor de exportação, registrando um crescimento de cerca de 31% em relação às 1.330,1 t processadas entre janeiro e agosto de 2016. Essa é a sétima maior movimentação de exportação do período em todos os Tecas da Rede Infraero e a quarta maior dos complexos logísticos da estatal na Região Nordeste.

A operação do B747-8F no Aeroporto de Petrolina foi viabilizada a partir da certificação operacional do terminal, emitida pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) no dia 21/9. A certificação atesta a capacidade operacional do aeroporto e seu funcionamento de acordo com os ditames de segurança e excelência estabelecidos pelos órgãos da aviação civil nacional e internacional.

 

Veja também: