ÁREA DO ASSINANTE
Inscreva-se em nossa newsletter e fique bem informado!
Transfolha

 




Tributos e logística

No início da minha carreira, trabalhei desenvolvendo softwares para uma grande instituição financeira – e só em projetos inovadores! Foi então que descobri que as instituições financeiras de vários países vinham para o Brasil contratar pessoas (de tecnologia, de negócios, etc.) para trabalharem. Sabem por que? Porque diziam que éramos os melhores profissionais que existiam. Porque conseguíamos lidar com todas as regras e burocracias existentes no nosso país. Porque conseguíamos lidar com inflação, corte de zeros, trocas de moedas e tudo que você puder imaginar. Diversos colegas se mudaram para outros países e estão muito bem atualmente!

E aí você deve estar se perguntando: “Mas o que a logística e tributos tem a ver com isso?”. Eu respondo: tudo!

Em outra oportunidade, escrevi sobre como os profissionais de logística são desafiados no Brasil, por conta de vários fatores, mas acho que esqueci de comentar sobre o fator tributário. Além de tudo que um profissional de logística tem que se preocupar, ainda é necessário saber muito sobre tributos para não criar operações logísticas inviáveis – ou melhor, para poder escolher a melhor opção para cada operação. Quando os estrangeiros descobrirem os profissionais de logística do Brasil, é provável que ocorra o mesmo que ocorre/ocorria com os profissionais dos bancos.

Mas o problema não é saber sobre a questão tributária. O problema é saber sobre isso com todas as leis, exceções e mudanças que ocorrem no sistema tributário Brasileiro a todo tempo. O tema é muito importante, mas não é possível que todo profissional de logística seja especialista na questão tributária. No entanto, deve-se ter uma boa noção sobre como tudo funciona.

Por isso, decidimos tratar deste assunto na edição atual (setembro/outubro) da MundoLogística.

Os autores do artigo (que são autores do livro do mesmo tema publicado pela nossa editora) fazem uma análise do impacto tributário nos projetos logísticos. Para isso, eles usam dois estudos de caso que fornecem uma boa ideia de como deveríamos pensar a questão tributária nos projetos logísticos.

Outro tema que é destacado nesta edição é a gestão de transportes, que passou a ser foco de todos após a greve e a tabela mínima de fretes.

Além disso, a edição traz também temas muito interessantes como Logística 4.0, redução de custos em supply chain, distribuição urbana e muito mais!

Veja em detalhes no vídeo abaixo!

Esperamos que aproveitem a edição!

Marco Guapo

Por Marco Guapo

Editor Executivo da Revista MundoLogística

 

Veja também: