ÁREA DO ASSINANTE
Inscreva-se em nossa newsletter e fique bem informado!
Redução de Custos Logísticos

 

Landing transpoBrasil - Dicas Gestão Frete


E-commerce regional: o desafio do frete ágil e acessível ao pequeno empreendedor

Artigo | Por Bruno Tortorello, diretor geral da Total Express

Assunto quase proibido entre as grandes transportadoras privadas que trabalham com carga fracionada. Os e-commerces regionais ganham volume, crescem em velocidade superior à do varejo físico e já são responsáveis por uma parcela significativa do faturamento do varejo online do Brasil.

De acordo com pesquisa do Sebrae divulgada este ano, cerca de 42% dos e-commerces já estão sediados fora da região Sudeste. E a dificuldade de lidar com as grandes transportadoras é reciproca, já que proprietários de lojas virtuais que faturam até R$ 60 mil ao ano apontaram a logística como uma das três principais dificuldades nos negócios, de acordo com o mesmo estudo.

Para quem fornece frete, o grande desafio está justamente em encontrar uma equação equilibrada entre os baixos volumes, que geram custos fixos altos para quem transporta, e a informalidade com as quais essas empresas estão acostumadas a trabalhar. Um cenário onde até então os Correios, com o e-Sedex e suas mais de sete mil agências, entre próprias e franqueadas, conseguiam atender.

Com o fim do serviço, um dos grandes desafios logísticos do país – a oferta de frete com boa qualidade e valor acessível ao público – vem à tona, e a solução começa a vir justamente das transportadoras privadas. 

Para entender melhor as particularidades do e-commerce regional e atender a demanda crescente, a Total Express vem investindo esforços desde 2015 na abertura de representações em todo o Brasil, em um projeto que virou um dos principais pilares da companhia atualmente. Já são oito representantes em cidades nas cidades de Belo Horizonte (MG), Blumenau (SC), Caçapava (SP), Campinas (SP), Curitiba (PR), Ribeirão Preto (SP), São Jose do Rio Preto (SP) e Sorocaba (SP). Até o final de 2017 a previsão é de chegar a 30.

Com o lançamento do e-Total, em janeiro, uma plataforma de serviços voltados para lojas virtuais de pequeno e médio porte, a Total Express fecha o pacote de soluções para atender a este público e promete transformar um dos grandes desafios do mercado de carga fracionada em oportunidade também para o pequeno embarcador, que poderá contar com um serviço de frete simples, ágil e seguro a um custo mais atraente do que o praticado pelos Correios.

 

Veja também: