ÁREA DO ASSINANTE
Inscreva-se em nossa newsletter e fique bem informado!
Kalmar

 

Assine Noticia


Cinco passos para economizar combustível em sua transportadora

Artigo | Por Valmir Colodrão*

A partir desta terça-feira (22/05) os preços da gasolina e do diesel aumentarão 0,9% e 0,97% respectivamente, segundo a Petrobrás. As alterações no valor do combustível afetam as atividades das transportadoras, uma vez que esse fator representa uma fatia importante nos custos gerais do negócio.

É preciso ter atenção para não repassar diretamente os reajustes para os clientes e tornar o frete mais caro. Separei algumas dicas para economizar com o abastecimento da sua frota e ainda reduzir os custos por meio de pequenas mudanças nos processos internos. Veja!

1. Verifique o peso da carga
A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) realiza fiscalização constante, mas não é raro encontrar caminhões rodando nas estradas brasileiras com peso acima do suportado. Alguns pensam que estão economizando tanto na cubagem quanto com o tempo. Porém, esse tipo de prática põe em risco o caminhão, o condutor e a própria carga, sem contar que eleva muito o custo com o abastecimento.

2. Envolva a sua equipe
A peça principal na economia de combustível é o motorista. Por isso, oriente sua equipe para atitudes que causam não só um maior consumo, como também maior desgaste das peças. Evitar freadas bruscas, desligar o veículo durante um congestionamento, não usar ar condicionado quando não for tão necessário ou até a utilização de rotas alternativas para fugir de possíveis engarrafamentos estão entre as medidas que devem ser adotadas. Já existem ferramentas no mercado que permitem que o gestor faça a avaliação de seu time.

3. Estude os preços dos postos
É normal que entre um estabelecimento e outro haja uma diferenciação no preço. Inclusive, existem aplicativos que podem ajudar na busca de um valor mais em conta e até postos que realizam parceria com empresas, oferecendo um preço diferenciado.

4. Invista em roteirização
Economia também é planejamento, por isso na hora que um frete for fechado é essencial traçar uma rota de viagem, com a finalidade de evitar caminhos ineficientes, que forcem o motorista andar um percurso maior do que o necessário para realizar as entregas. No caso específico de carga, é importante a criação de banco de dados atualizado com frequência, com indicativos das rotas mais seguras e com melhores condições de trânsito.

5. Fique de olho nos pneus
Pneus com pressão abaixo do limite indicado pelo fabricante pode elevar o gasto em até 4% com combustível. A calibragem correta ainda prolonga o tempo de vida útil dos pneus, ou seja, economiza duas vezes.

 

*Valmir Colodrão é diretor e sócio fundador da BgmRodotec, empresa do segmento de software de gestão para empresas de transporte.

 

Veja também: